Últimas notícias

Voltar

Termelétrica com biomassa de eucalipto começa ser construída na Bahia - 20/02/2015

A Bolt Energias assina um contrato para desenvolvimento da Usina Termelétrica (UTE) Campo Grande BioEletricidade, a maior de biomassa da América Latina, localizada em São Desidério (BA). A Leme Engenharia, do Grupo francês GDF Suez, prestará serviços de engenharia do proprietário, etapa que contempla a gestão das obras do projeto, logo após a fase de planejamento.

Ao todo, 18 profissionais da Leme Engenharia atuarão, a partir deste mês, na revisão do projeto executivo (design review), que terá duração de 12 meses. Ainda farão a supervisão das obras de construção da usina, a partir do primeiro trimestre de 2015, estendendo-se por cerca de 30 meses.

A obra vai gerar aproximadamente 700 postos de trabalho e tem previsão de ser inaugurada no segundo semestre de 2017. O investimento total da Bolt Energias na térmica é de R$ 650 milhões.

Para o presidente da Leme Engenharia, Flavio Campos, o contrato celebrado com a Bolt Energias para o desenvolvimento da UTE Campo Grande BioEletricidade reforça o posicionamento estratégico da empresa de ampliar sua participação em novos setores de atuação. “O nosso objetivo é manter uma taxa de crescimento anual de 5%. Para isso, nos apoiamos em uma série de estratégias, entre elas a ampliação da nossa participação em novos mercados. Somos reconhecidos por nossa vasta experiência em hidroenergia, geração térmica, sistemas elétricos e infraestrutura, e buscamos esse reconhecimento também em outros setores, principalmente no de energias renováveis. A oportunidade de participarmos de um projeto de geração a biomassa de tamanha envergadura é um grande estímulo para mantermos o nosso posicionamento estratégico”, afirma.

O presidente da Bolt Energias, Ricardo Junqueira, considera que esta nova parceria agrega ainda mais segurança ao projeto, que segue os mais elevados padrões internacionais. “A Leme Engenharia amplia a excelência internacional para construção da UTE Campo Grande, que já conta com a participação da Areva Renewables, responsável por toda engenharia, compras e construção da usina”, conclui.

Este é o segundo contrato firmado entre a Leme Engenharia e a Bolt Energias para o desenvolvimento da Campo Grande BioEletricidade. O primeiro, finalizado em abril deste ano, contemplou a avaliação de propostas e negociação com empresas EPC (engineering, procurement and construction) e interface com fornecedores da região onde será instalada a usina.

Bolt Energias

Fundada em 2010, a Bolt Energias é uma holding de geração e comercialização de energia elétrica, estruturada para atuar nos mercados livre e regulado. Ainda desenvolve projetos de eficiência energética e soluções para o segmento de geração. O objetivo é consolidar-se como um forte player no Brasil e na América Latina.

Leme Engenharia

A Leme Engenharia é uma das principais empresas de engenharia consultiva dos mercados brasileiros de energia e infraestrutura. Há mais de 50 anos desenvolve e gerencia obras de médio e grande porte, atuando desde as fases preliminares de estudos e projetos até a implantação final do empreendimento.

Sediada em Belo Horizonte (MG), a empresa possui escritórios nas cidades de Brasília (DF), Florianópolis (SC) e Rio de Janeiro (RJ) e projetos desenvolvidos em todas as cinco regiões brasileiras. A empresa está presente também em outros países da América Latina, com filiais e projetos elaborados no Chile, El Salvador, Equador, Panamá, Peru, República Dominicana e Uruguai.

Com uma equipe multidisciplinar de especialistas, a Leme Engenharia atua nos setores de hidroenergia, geração térmica, energias renováveis (biomassa, eólica e solar), sistemas elétricos (subestações, linhas de transmissão e telecomunicações associadas aos sistemas de transmissão), gás, edificações complexas, transporte (ferrovias, hidrovias), portos, saneamento e drenagem urbana, e meio ambiente.

A Leme Engenharia é uma das empresas que compõe o grupo francês GDF Suez, que detém forte posição no Brasil através de suas atividades no setor energético e atua igualmente nos setores de gás, engenharia e meio ambiente. O grupo é o maior produtor privado de energia elétrica no país e opera uma capacidade instalada de 8.630 MW, contando com 22 usinas – a maior parte de hidrelétricas.

Fonte: Painel Florestal